Dou o melhor de mim para tentar descobrir o que você precisa, mas é difícil. Com você, nada nunca foi óbvio, mas isso não quer dizer que eu não tente.
Na verdade, isso é tudo o que podemos fazer… tentar fazer a coisa certa.

Vazio

Eu sempre fui aquela romântica sem medidas, uma louca apaixonada que se entrega sem pensar e que no fim nunca trás boas recordações, de certa forma sempre sanei as minhas dores, angustias e paixões através da música; Mas há um tempo tem uma lacuna no meu peito eu não sinto… não sou mais capaz de sentir essas emoções, essas que há tempo atrás eu lutava tanto para te-las.

Esse vazio me incomoda as vezes… As vezes.

Quando escuto minhas musicas que falam sobre esses amores sem medidas ou mesmo aqueles que são descendentes diretos da calmaria, sinto que isso nada mais, tem haver comigo. 

Uma pena, eu gostava de certa forma daquela vida.

(Source: pseudocerejeira)

Tentativas

Eu tentei…

Eu juro que eu tente, suportei, tentei de novo, mas não dá, não mais.

É complicado? Ixe, até demais, é complicado pra quem tá de dentro, pra quem está de fora ou simplesmente pra quem tá de bobeira passando e observa a situação. Eu juro que eu fui no meu limite, eu juro que eu tentei compreender, ajudar e dar o máximo de mim, só que na maioria da vezes a torrente é forte pelas cheias que passaram por alí, eu sinto dizer mas é aqui onde eu me despeço, é aqui onde eu traço meu caminho só, foi bom, foi lindo ou não tão lindo assim… Enfim, é isso. 

(Source: Pseudocerejeira)

Welcome 22.

"Então é chegada a hora de assumir mais do que nunca, as responsabilidades e se tornar a pessoa digna de seus planos."

Welcome meus 22, que você me traga uma maturidade maior que os 21, talvez, uma boa sorte junto com seu número, algum novo amor, alguma nova ideia, uma nova vida. 

Crescer dói.

(Source: pseudocerejeira)

Sobre o Amor Romântico | Sobre Budismo

"Vivemos intoxicados  pelos sentimentos de êxtase, prazer, excitação, exaltação, desejo, a tudo que está relacionado ao amor apaixonado. E quando somos privados de paixão, caímos no inferno da abstinência, e buscamos desesperadamente uma nova dose, para então novamente repetirmos o processo"

(Source: Pseudocerejeira)